LESÕES ESPORTIVASORTOPEDIA

A importância do alongamento e do aquecimento

Alongamento

Dr. Carlos Mattos – Há algum tempo escrevi sobre alongamento aqui no blog para sanar as dúvidas se é ou não indicado antes das atividades físicas. E volto a esse assunto porque ele é sempre importante. O alongamento ainda é um tema polêmico, muito discutido em congressos e trabalhos científicos publicados, a respeito de quando deve ser realizado. A linha de pensamento que eu acredito e repasso aos meus pacientes é que se deve alongar depois da atividade física ou em dias alternados.

Alongar é uma prática que relaxa os músculos, sendo que os exercícios físicos, por sua vez, contraem os músculos. Por isso não é recomendado alongar antes da prática esportiva, o que aumenta as chances de uma lesão.

O ideal é alongar ao final da atividade física, pois o músculo já foi contraído e pode relaxar, ou em dias alternados, como muitos atletas ou times de futebol, por exemplo, têm praticado. O exercício de alto impacto ou até mesmo o treino contrai o músculo, por isso eu recomendo o alongamento em dias intercalados.

Aquecimento

Já o aquecimento é o início lento e gradual de uma atividade física, iniciando gradativamente as alterações fisiológicas, sem elevações bruscas e perigosas, ativando as fibras musculares. O aumento da frequência cardíaca e da pressão arterial é proporcional à atividade física, sendo assim, o aquecimento antes do exercício estabelece uma alteração saudável no ritmo.

O aquecimento influencia diretamente na qualidade da atividade física, pois melhora o desempenho e ativa a propriocepção (capacidade de reconhecer a localização espacial do corpo, sua posição e orientação e a força exercida pelos músculos). Também permite a adaptação mais rápida do corpo ao estresse da prática esportiva, consequentemente, possibilita maior tempo estável no exercício e mais capacidade de concentração.

São muitos os motivos para realizar o alongamento e o aquecimento regularmente na prática esportiva. Eu, como especialista em Lesões Esportivas, recomendo!

Dr. Carlos Mattos é ortopedista, especialista em Cirurgia do Ombro e Lesões Esportivas, Chefe do Departamento de Ortopedia da PUC-Campinas e Diretor Clínico do Hospital PUC-Campinas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *