PUC-Campinas

Hospital PUC-Campinas participa de pesquisa sobre a hidroxicloroquina no combate à Covid-19

Pesquisa Covid-19

Essa pandemia que estamos enfrentando nos coloca novos desafios a cada dia. E como diretor do Hospital PUC-Campinas, fico satisfeito em ver como nossa equipe está se dedicando de forma muito competente não só para tratar os pacientes com a doença, mas também na produção de pesquisas sobre o novo coronavírus. No Hospital PUC-Campinas, estamos participando de vários protocolos nacionais relacionados a pesquisas de tratamento da Covid-19, juntamente com o Ministério da Saúde e outros hospitais, como o Hospital Albert Einstein e o Hospital Oswaldo Cruz. Uma dessas pesquisas, como noticiado pela mídia, é o uso da hidroxicloroquina, derivada da cloroquina, que teria menos efeitos colaterais ao combate do coronavírus.

Quem coordena essa pesquisa é o diretor do Centro de Pesquisa Clínica São Lucas, da PUC-Campinas, Dr. Danilo Villagelin. Primeiramente iremos pesquisar os pacientes leves que não necessitam de internação. Eles tomarão o medicamento em casa. Depois, o medicamento deve ser testado ainda em pacientes com sintomas moderados ou graves. Vale ressaltar que para a testagem os pacientes devem assinar um termo, permitindo participar dos estudos.

A previsão é de que nesta primeira fase sejam feitos 1,3 mil testes em pacientes com sintomas leves, em todas as unidades que fazem parte do grupo de pesquisa, que são cerca de 80 hospitais do País.

“Com essa pesquisa, iremos comprovar se a hidroxicloroquina tem efeito benéfico introduzindo precocemente, se os pacientes vão complicar menos, e no caso grave, se a introdução do medicamento vai diminuir a mortalidade”, explica o diretor Danilo Villagelin. A expectativa é de que os primeiros resultados da pesquisa saiam em até dois meses.

Nos pacientes de Campinas, o uso da medicação deve ser feito por 7 dias. Em pacientes mais graves, serão feitos dois testes, alternando o uso também de antibióticos.

Nesse momento temos mais pesquisas que serão iniciadas em breve, que estão com seus protocolos sendo finalizados.

Quem quiser ver a reportagem da EPTV sobre o tema, segue o link:

https://globoplay.globo.com/v/8497146/

Dr. Carlos Mattos é ortopedista, especialista em Cirurgia do Ombro e Lesões Esportivas, Chefe do Departamento de Ortopedia da PUC-Campinas e Diretor Clínico do Hospital PUC-Campinas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *