LESÕES ESPORTIVASORTOPEDIA

As três principais lesões no ciclismo

Dr. Carlos Mattos – Tem aumentado muito o número de pacientes ciclistas que atendo. Então, quero aproveitar aqui para dar umas dicas para quem adora uma bike e precisa ficar atendo a 3 lesões bem comuns:

🚴🏽‍♂️ Quedas: é bem comum a gente se envolver em quedas durante o ciclismo, sendo as fraturas mais comuns da clavícula e do punho. Em casos de contusões na cabeça, mesmo sem perda de consciência, é indicado o atendimento médico emergencial. Lembre-se também de utilizar todos os equipamentos de segurança durante a atividade;

🚴🏼‍♀️ Dor lombar: é a queixa mais comum entre os ciclistas e ocorre devido à curvatura da coluna sobre o guidão, que se mal ajustado pode agravar ainda mais a situação, acarretando lesões como hérnias e fissuras de disco, que podem exigir até tratamento cirúrgico. Em caso de dor no quadril, dor que irradia para a perna, procure um ortopedista;

🚴🏻 Períneo: permanecer sentado por longos períodos pode ocasionar lesões neurológicas desse nervo, levando à perda de sensibilidade na região perineal, ou até mesmo à impotência sexual. Isso está relacionado ao tempo de atividade, estrutura do selim, postura e predisposição do praticante.

Por isso é muito importante tomar os cuidados necessários e não  extrapolar seus limites para que a bike seja apenas uma atividade prazerosa e saudável.

Dr. Carlos Mattos é ortopedista, especialista em Cirurgia do Ombro e Lesões Esportivas, Chefe do Departamento de Ortopedia da PUC-Campinas e Diretor Clínico do Hospital PUC-Campinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *