CoronavírusExercícios físicosLESÕES ESPORTIVASORTOPEDIA

Pouca atividade e má postura aumentam a dor nas costas

Dr. Carlos Mattos – Pouca ou nenhuma atividade física somada à má postura tem sido a causa de muitos pacientes com dor nas costas nessa época de pandemia. No consultório, tenho observado o aumento dessa queixa desde o meio do ano passado, principalmente por conta do home office sem a estrutura adequada como seria num ambiente de trabalho.

A postura incorreta ao utilizar o computador por muitas horas é uma das principais causas de dores e lesões na coluna. Por isso, oriento os pacientes a terem alguns cuidados para evitar e melhorar os quadros de dor:

– Ter um espaço específico para trabalhar, com uma cadeira confortável e própria, que forneça apoio para a coluna lombar e ajuste de altura para se posicionar em frente à tela.

– Colocar o monitor na altura dos olhos. No caso de notebook, existem suportes para deixá-lo na posição adequada. Com isso, evita-se dor na coluna cervical.

– Apoiar os antebraços na mesa ou nos braços da cadeira.

– Levantar-se e se alongar várias vezes ao longo dia.

– Evitar cama ou sofá para trabalhar, pois é impossível manter a postura nesses ambientes.

Outra questão importante é a falta de atividades físicas, uma vez que muitas pessoas ainda não retomaram o exercício ou já possuíam um estilo sedentário. A falta de movimento causa um efeito negativo no sistema musculoesquelético, por isso é essencial procurar uma academia ou a orientação de um profissional da área para realizar exercícios corretos, mesmo que em casa.

Os exercícios físicos e a atenção à postura são práticas essenciais para cuidar da coluna.

Consulte um médico especialista se as dores persistirem.

Dr. Carlos Mattos é ortopedista, especialista em Cirurgia do Ombro e Lesões Esportivas, Chefe do Departamento de Ortopedia da PUC-Campinas e Diretor Clínico do Hospital PUC-Campinas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *