Tempo frio e seco aumenta o risco de lesões durante a atividade física

Participei de uma reportagem da EPTV Campinas sobre o aumento das lesões durante a atividade física no tempo frio e com baixa umidade relativa do ar, que ontem em Campinas chegou a 11,9%, considerado já estado de emergência.

O que ocorre é que há uma combinação ruim desses dois fatores – frio e tempo seco – para a realização do exercício físico. Nestas condições, existe uma diferença entre a percepção do esforço, como suor e cansaço, e o exercício propriamente dito, que é a qualidade do treinamento.

No frio, muitas vezes, a pessoa não percebe o desgaste com o exercício, não tem muita sede como no calor e pode já entrar no exercício com déficit de líquido, ou seja, com pouca hidratação. Com isso, ela pode ter reações cardiovasculares e até mesmo do sistema nervoso central, que podem levar a desmaios, arritmias, taquicardias, alterações no sistema cardiovascular e sistema nervoso central.

A dica, então, é se hidratar antes e durante a atividade, mesmo que não tenha sede. E vale reforçar a importância do aquecimento, começando o exercício de forma mais branda e ir aumentando o ritmo, sempre com orientação profissional.

Para quem quiser conferir a reportagem, acesse o link:

https://globoplay.globo.com/v/9707887/

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *